19 de novembro de 2012

Robin Cook - Cura (Opinião)


Já há algum tempo que não falava de livros aqui no blog, porque não tenho tido muito tempo para ler. Mas decidi hoje falar-vos de um livro que li em tempos e que não cheguei a dar a minha opinião aqui.

Apresento-vos o Livro:


"Cura" - Robin Cook | Publicações Europa-América

Resumo:

Agora que o neuroblastoma, potencialmente fatal, que tomou conta do seu filho parece estar em plena remissão, a médica legista de Nova Iorque, Laurie Montgomery, volta às suas funções, no Gabinete de Medicina Legal, onde trabalha há mais de duas décadas.

Preocupada com a incerteza de ainda ter, ou não, capacidade para o seu trabalho depois da longa ausência, Laurie depara-se com um primeiro caso, que é nada menos do que um puzzle altamente perigoso e da maior importância, que envolve o crime organizado e duas empresas recém-criadas de biotecnologia, num jogo de audazes. Apesar dos conselhos e avisos dos seus colegas e do seu marido, o também colega Jack Stapleton, Laurie está determinada a resolver o mistério que este caso representa.

Satoshi Machita, um ex-investigador da Universidade de Quioto, é o detentor de uma patente extremamente valiosa que diz respeito às células estaminais induzidas pluripotentes, que serão a base para a construção de uma indústria de triliões de dólares na área da medicina reconstrutiva. Quando este morre numa plataforma do metropolitano de Nova Iorque, cheia de pessoas, Laurie terá de decidir se a sua morte se deve a causas naturais, ou a algo… mais diabólico.

Nas sombras, escondem-se pessoas que gostariam de ver Laurie bem longe da morte de Satoshi. Apesar das ameaças que recebe, ela insiste, até que estas começam a tornar-se bem reais e afectam a pessoa que ela mais ama no mundo: o seu filho J. J.

Subitamente, Laurie não terá outra escolha senão resolver o crime e salvar o filho.


Sobre o Autor:

O Dr. Robin Cook é um prestigiado médico norte-americano, especializado em Oftalmologia, doutorado em Harvard. É reconhecido como o fundador do género literário «thriller médico» e há trinta anos que se mantém como o autor de maior sucesso deste género a nível mundial. Este é o seu 30.º livro publicado na Europa-América. 

A minha opinião:  

Foi o primeiro livro que li deste autor, mas estava com as minhas expectativas muito altas, já que tinha ouvido falar tão bem do autor e do livo.


Achei a história um pouco confusa inicialmente, custou-me a perceber a trama, mas depois de a história fluir, consegui distinguir as personagens e os seus papeis no livro. 

Trata-se de um thriller médico, onde Laurie (médica legista) após a pausa de licença de maternidade, começa a trabalhar num estranho caso de uma morte, aparentemente natural, mas que lhe parece suspeita, parecendo-lhe que afinal não foi bem assim...
Esta começa a investigar o caso e descobre que por detrás dessa morte está o crime organizado e a Máfia japonesa, que procura a todo o custo encontra uma valiosíssima patente que diz respeito a células estaminais que poderá curar doenças degenerativas.

Faz então que entremos no mundo da ciência médica e da investigação criminal  que a mim me fascinou. E quem gosta deste tipo de assunto e estilo de livro;)

Sem comentários:

Enviar um comentário